Translate

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

meus olhos dizem que é amor


Está escrito nos meus olhos
É amor o que eu sinto por ti
Foi só um olhar
O teu olhar

Está escrito nos meus olhos
É aquele brilho apenas visível
A quem sabe o que é amar
Do fundo do coração

Cada vez que estou contigo
Sinto um aperto no coração
É a chama desse amor
Que me deixa assim

Conhecer te mudou a minha vida
Aos poucos aprendi a confiar em ti
Entreguei me há voz da razão
E dei te o meu coração

Está escrito nos meus olhos
E basta me olhar para ti
Para saber cá dentro
Que nunca me senti assim

Por onde andavas tu quando precisei de ti
Quando a dor penetrou no meu coração
E quase me destruiu
Por onde andavas tu meu amor?

Mas agora o destino tratou de nos unir
E nos meus lábios fica um sorriso
Um sorriso apaixonado
Por ser o teu namorado

Os meus olhos são espelhos
Que revelam ao mundo o meu coração
E quando olho para ti
Eu sei que tu te sentes como eu

É amor, aquilo que nos une
É amor, aquilo que ambos sentimos
É amor que nos faz vibrar
É amor que nos faz acreditar

Eu sou apenas um ser mortal
Mas o teu amor
Faz me sonhar e voar
Faz me sentir imortal

Ao teu lado sei que estou no caminho certo
O caminho da felicidade
Que eu encontrei
Neste amor de verdade…



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


obrigado mãe


Tu sempre cuidaste de mim
Tu sempre cuidaste de nós
E até ao fim
Nós nunca nos sentimos sós

Nem mesmo quando a vida mudou
O teu amor jamais nos abandonou
E eu não vou esquecer
Esses sacrifícios que te vi fazer

Tu foste um exemplo de vida
Como nunca conheci
E se hoje sou tudo o que sou
Eu devo tudo a ti

Sinto saudades dos tempos que passaram
E que jamais vão voltar
Mas que no meu coração
Para sempre iram ficar

Na minha infância todas as memorias que gravei
O teu rosto nelas sempre conservou
Tu mudaste a minha vida
Quando me senti perdido

Mas o teu tempo acabou por chegar
E deixaste no meu peito
Uma ferida que nunca fui capaz de sarar

E aprendi a dar mais valor
A quem por motivos tão puros
Não podia estar sempre presente
Mas que nos deu sempre o seu amor

Obrigado mãe pelo teu carinho
Por tudo o que nós tens dado
Não há amor como o teu

Obrigado mãe
Amo te muito…



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


mentiras

Um dia disseste me que me irias amar
Que eu era a tua felicidade
Eu me entreguei a ti
Pesando que era tudo verdade

Fui louco e pensei que tinhas mudado
Após tanto tempo sem a gente se ver
Pensei que tinhas crescido
Que a distância te tivesse amadurecido

Acreditei em ti, mas as tuas palavras
Eram apenas puras mentiras
E no teu jogo me entreguei

Dei te o melhor de mim
Porque pensei que podia ser feliz
Mas apenas me enganei
E agora é que o meu peito me diz

Que tu jamais me amaste
Eram apenas mentiras
As palavras que tu usaste

Eu fui louco por acreditar
Que tu algum dia podias mudar

Nunca vou conseguir entender
Porque me fizeste acreditar
Que me querias amar
E me deixaste a sofrer

Eu jamais te vou perdoar
As mentiras que usaste para me enganar
Eu vou seguir em frente
Mas jamais te vou perdoar

E nem mesmo a amizade
Que um dia te entreguei
Tu irás voltar a ter
Depois de tudo o que me fizeste sofrer

Fizeste me acreditar que tinhas mudado
Que agora estavas diferente
Mas não passou apenas
De mais uma das tuas mentiras

E eu como andava louco por ti
Acreditei e por amor me entreguei
E agora que descobri a verdade
Eu jamais te perdoarei…


fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento

por ti sou capaz de tudo

Eu deixei tudo de lado
Só para me dedicar a este amor
Larguei esta vida de pecado
E tornei me no teu namorado

Por ti eu deixei uma vida de loucura
De andar por ai perdido
De aventura em aventura
De andar de corpo em corpo

Tudo só para te mostrar
Que eu sou capaz de mudar
Que também um sonhador como eu
É capaz de amar

Por ti sou capaz de tudo
Só para te fazer feliz
Por ti sou capaz de tudo
Fazer coisas que nunca fiz

Antes de te conhecer
Eu tinha medo de me entregar
Antes de te conhecer
Eu tinha medo de amar

Mas contigo tudo mudou
Agora também eu sei amar
E se me deres tempo
Eu vou te mostrar

Que o meu amor por ti
É puro, é real é único
Dá me uma oportunidade
E eu dar-te hei felicidade


fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


sou feliz graças ao teu amor

Graças a ti recuperei a razão de viver
Voltei de novo a conseguir adormecer
E aquele brilho no olhar
Eu voltei de novo a encontrar

Graças ao teu carinho
O meu coração bate novamente
Reencontrei o meu caminho
E o meu futuro será diferente

Se antes eu andava há deriva perdido
Agora eu encontrei de novo um motivo para viver
É o teu amor Letícia
Que me dá vontade de vencer

Foi o destino que nos uniu
O teu sorriso encontrou o meu
E com a tua forma se ser
O meu coração agora passou a ser teu

Tu és mais do que a minha felicidade
Tu és a minha metade
O teu amor dá sentido há minha vida
E graças a ti sou feliz

Amo te…
Por tudo o que representas para mim
Amo te…
Agora e para sempre até ao fim



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento

quando te vejo sorrir fico feliz


Quando eu te vejo sorrir
Sei porque bate mais forte meu coração
Quando eu te vejo sorrir
Eu fico louco de paixão

Não há mulher como tu paixão
Tu fazes me sentir tão especial
Tudo em ti é tão diferente
Teu amor é puro e imortal

Teus olhos são puros diamantes
Que deixam minha cabeça há roda
Cada vez que os nossos corpos se tocam
Nada nos consegue parar

Quando te vejo sorrir
Eu sei porque te escolhi amor
Quando te vejo sorrir
Eu sei que sou feliz

É o teu amor que me dá asas para voar
É o teu amor que me faz sonhar
É o teu amor que me faz viver
Meu anjo jamais te quero perder…


 fim


poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


falsa promessa

Tu um dia fizeste me uma promessa
Que não foste capaz de cumprir
Disseste me que jamais me irias abandonar
Mas no fim acabaste por partir

Eu dei te todo o meu amor
Nunca deixei que te falta se nada
Então porque me deixas agora assim
Com esta profunda dor

Tu um dia prometeste me tudo de ti
Eu acreditei nas tuas palavras e me entreguei
Mas no fim só ficou a ilusão
Que um dia podia ser meu teu coração

E hoje se pudesse voltar atrás
Eu dava tudo para mudar o passado
E as promessas que me fizeste acreditar
Eu jamais as iria aceitar

E agora estou desesperado
Tentando seguir em frente
Mas perseguido pelos fantasmas do passado

Tudo o que eu mais queria
Era um dia poder esquecer
As falsas promessas que um dia
Tu me fizeste acreditar



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento

vou gritar ao mundo que te amo

Se eu te amo para que esconder
Ou arrepender do que quero fazer
Se és tu meu anjo que me faz feliz
Porque não hei-de dar te tudo o que sempre quis

Se me apetecer gritar ao mundo que te amo
Quem me vai impedir
Os outros podem pensar o que quiserem
Mas no fim só a tua opinião me importa

Se eu posso imaginar a minha vida sem ti?
Não quero sequer sonhar
Agora que eu te conheci
Eu sei o que significa amar

Aquela sensação única que me deixa louco
Que me faz sonhar acordado
Que me leva ao desespero
Quando não estou ao teu lado

Eu amo te, e é tudo o que eu sei
E vou gritar a toda a gente
Que eu só a ti te amei

Tu és tudo para mim
O meu amor por ti
É único e imortal

Sem ti não sei viver
Sem ti eu não sou nada
Tu és a minha vida
Tu és a minha namorada…



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


encontrei a minha felicidade

Andei durante anos procurando ser feliz
No meio de tanta falsidade e ilusão
Quase que pensei em desistir
De encontrar quem fizesse meu coração feliz

Foram tantas as mulheres que eu conheci
Mas na verdade eu nunca encontrei
Ninguém igual a ti

Andei perdido, esquecido e iludido
Em busca da minha cara-metade
Sem nunca sonhar que um dia
Tu irias ser a minha felicidade

E hoje sem receios o posso dizer
Que tu és a pessoa que eu quero amar
E o meu coração te vou entregar

Agora já não tenho medo
O passado está morto e enterrado
Agora tu és o meu presente
E quero te na minha vida para sempre



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento

até ao fim da minha vida

Negros têm sido os meus dias
Desde a tua partida
Levaste todas as alegrias
Que me deram forças um dia

Desde que te foste embora
Nunca mais parou de chover
São os anjos que choram
Quando meus olhos te viram morrer

Hoje já não conheço a palavra amor
Apenas a palavra saudade
Hoje só me resta realidade
A minha vida sem ti é dor

Uma dor tão profunda e indescritível
Como as profundezas do oceano
Como essa certeza em mim
Que ainda tanto te amo

E será sempre assim
Como o foi no princípio
O será até ao fim

Adeus, até ao nosso reencontro
Minha avó querida
Estás sempre no meu pensamento
Até ao fim da minha vida



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento 


eu sou louco por ti


Eu conto os dias
Eu conto as horas
Eu conto os minutos
Eu conto os segundos

Por ti eu espero o tempo que for preciso
Só para ver o encanto do teu sorriso
Que me dá alegria de viver
Que me faz enlouquecer

Eu sou louco por ti
Sem ti eu não sou nada
Sem o teu amor
Apenas o vazio em cada madrugada

Preciso de ti
Preciso do teu amor
Como o céu
Precisa do brilho do luar

Eu conto os dias
Eu conto as horas
Eu conto os minutos
Eu conto os segundos

Para estar nos teus braços novamente
E em teus lábios poder sentir
O fogo do teu beijo
Minha única razão de existir

Eu quero ficar contigo para sempre
O teu amor foi o melhor que me aconteceu
Eu pedi te um beijo
E tu entregaste me o céu…



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento