Translate

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

desejo ardente

Desejo ardente que incendeia minha alma apaixonada
Pele morena em teu corpo de mulher
Quando te vejo sinto me invadido por um desejo tão forte
Tão poderoso que me faz sonhar mesmo quando estou acordado

É verdade que eu nunca te senti
Mas em sonhos senti o calor dos teus lábios
Tu eras um tesouro perdido
Que agora eu encontrei

E tudo o que eu sei
A mais pura das verdades
É que eu desejo de ti
Muito mais que a tua amizade

Desejo ardente que arde em minhas veias
Só tu levas há loucura meu coração
Em tuas mãos paixão
Meu corpo tu incendeias

És tudo o que eu quero
És tudo o que eu preciso
És só tu quem eu amo…


 fim


poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento




Sem comentários:

Enviar um comentário