Translate

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

encontrei a minha felicidade

Andei durante anos procurando ser feliz
No meio de tanta falsidade e ilusão
Quase que pensei em desistir
De encontrar quem fizesse meu coração feliz

Foram tantas as mulheres que eu conheci
Mas na verdade eu nunca encontrei
Ninguém igual a ti

Andei perdido, esquecido e iludido
Em busca da minha cara-metade
Sem nunca sonhar que um dia
Tu irias ser a minha felicidade

E hoje sem receios o posso dizer
Que tu és a pessoa que eu quero amar
E o meu coração te vou entregar

Agora já não tenho medo
O passado está morto e enterrado
Agora tu és o meu presente
E quero te na minha vida para sempre



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento

Sem comentários:

Enviar um comentário