Translate

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

esquecer o passado


É no calor dos teus braços que eu me sinto protegido
É no sabor dos teus lábios que me sinto amado
É no fogo do teu corpo que me sinto perdido
Desejando ter te aqui sempre a meu lado

E nos momentos mais banais
Que o pouco que tenho para mim tem mais valor
Porque não há preço para o teu amor
Que eu desejo cada vez mais

E quando eu vejo tudo o que me rodeia
As falsas promessas, as falsas ilusões
Que a minha alma se revolta
Que o meu coração se incendeia

Cansei me de errar
De bater de porta em porta
Em busca de um lugar para ficar

Cansei me de me iludir
De dar tudo o que tinha
Para fazer sorrir
Quem só me soube usar

Esses dias para mim chegaram ao fim
Agora tudo o que eu quero é esquecer
Seguir em frente e viver
Contigo ao pé de mim…



fim
poeta puma 69
livro nº38 dá me um momento


Sem comentários:

Enviar um comentário