Translate

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

razão do meu viver 2

Minha razão de viver és tu
Tu és a minha inspiração
E em cada verso que escrevo
É em ti que eu penso

Andei tanto tempo iludido
Quando tu estavas tão perto da minha vida
E agora estou perdido
Meu anjo não tenho saída

Preciso do teu amor
Como preciso do ar para respirar
Não penses que são palavras loucas
Ou ilusão na minha mente

Eu sei aquilo que o meu coração sente
Tu és a minha razão de viver
Nada mais me importa
Se eu não te posso ter

Hoje é tudo mais nítido na minha alma
Os anos que passaram
Ajudaram-me a enterrar o passado

E hoje tudo o que eu mais desejo
É que tu sejas o meu presente
E ao teu lado meu amor
Poder sonhar com o futuro…



fim
poeta puma 69
livro nº38-dá me um momento 


Sem comentários:

Enviar um comentário