Translate

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

suave veneno


Provei o mel dos teus lábios
Esse suave veneno
Do qual fiquei viciado
E hoje não sou capaz de esquecer

Fazer amor contigo
É um sonho tornado real
Os teus gemidos de prazer
Fazem meu coração estremecer

Sou escravo do teu amor
Mas não me importo meu anjo
Porque eu sei que ao teu lado
Eu sou o homem mais amado

Não te consigo tirar do pensamento
Adormeço a pensar no teu olhar
E tudo o que eu sei cá dentro
É que faço de tudo por te amar

Tu és o único vício que eu não consigo abandonar
Por ti deixei tudo para trás
Só para te poder dedicar a minha vida

Provei o mel dos teus lábios
E fiquei viciado
Toquei no teu corpo
E senti me realizado

Tu és a razão do meu viver
O meu encanto o meu prazer
Tudo aquilo que um homem deseja ter



fim
poeta puma 69
livro nº38-dá me um momento 



Sem comentários:

Enviar um comentário